Search
  • Felipe Bernardo Theodoro

Como alguém ganha sabedoria?


Sabedoria é algo natural do ser humano, não é algo a ser ganhado, mas sim realizar que já nascemos em contato com o espaço onde qualquer pensamento sábio é surgido.


Sabedoria não é esta grande qualidade que precisamos conquistar, que só algumas pessoas tem e outras não, ou algo que só vamos conseguir ter acesso quando velhos.


E não é ter decorado e intelectualizado vários e vários livros e afins, sabedoria é algo simples e singelo, um pensamento novo e fresco, uma realização de algo novo que não foi pensado ou entendido até então.


Os pensamentos mais sábios, úteis, claros e cheios de vida vêm quando não estamos presos na nossa cabeça, agarrados aos nossos pensamentos. Quando a nossa mente se acalma, quando deixamos levar todo aquele barulho mental e nos tornamos mais presentes, abraçando o silencio com curiosidade, é dali que vem todo e qualquer pensamento sábio.


A pessoa sábia é aquela que entende que todas as histórias que ela já criou na cabeça dela ao longo da vida, toda aquela atividade mental velha, não serve para criar algo novo, não serve para lidar com nossos problemas, não serve para nos mover para frente com a nossa vida. Ela é sábia porque ela se joga no desconhecido, deixando para trás toda aquela excitação mental, sabendo que é só quando nós não temos nada na nossa mente que há espaço para surgir algo completamente revelador.


Você não já teve esta experiência de estar com um problema na cabeça por bastante tempo, matutando em tentar resolve-lo, até que por só um momento (ou minutos, ou depois de uma caminhada, depois de dormir, etc.) você desiste de pensar tão fortemente, você larga aqueles pensamentos, você volta a estar presente para a vida. E aí, a solução vem! Do nada. Pode ser um sussurro, uma sensação sutil ou um bom senso natural de que agora você sabe o que fazer ou como lidar com aquela situação. E de repente aquele problema gigante não parece mais um problema, você o enxerga com novos olhos, com clareza, com sabedoria.


Todos nós já experienciamos isso de uma maneira ou outra.


Nossos melhores pensamentos, aqueles que nos dão um senso de direção, vem deste silencio. O silencio que está sempre por trás de todo o pensamento, o silencio que nós ouvimos entre um pensamento e outro. Quando prestamos atenção neste silencio, quando ouvimos com curiosidade, esperando sermos pegos de surpresa por algo completamente novo a cada momento, somos guiados por sabedoria.


A única coisa que nos separa da nossa sabedoria inata são pensamentos, todas as vezes que nos apegamos à eles achando que eles são nossa realidade. Com tanto barulho, não conseguimos ouvir o sussurro da nossa sabedoria sempre presente.


Nós já somos sábios, já nascemos da fonte de toda a sabedoria que existe, nós só não vemos porque nossos pensamentos, a maior parte do tempo, estão ofuscando nossa visão.

12 views0 comments